Home > DOCES E SALGADOS > Brasil cai uma posição em ranking mundial de corrupção

DOCES E SALGADOS

23/01/2020 09:13 por Redação

Brasil cai uma posição em ranking mundial de corrupção

País cai para 106º lugar na lista da Transparência Internacional, que vê interferência política de Bolsonaro nos órgãos de controle

O Brasil caiu uma posição no principal ranking internacional de corrupção, passando da 105ª para a 106ª entre 180 países, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira (23) pela ONG Transparência Internacional.

Os 35 pontos da nota brasileira equivalem ao valor mais baixo desde 2012, ano em que o índice passou por alteração metodológica e passou a permitir a leitura em série histórica. Este 5º recuo seguido na comparação anual fez com que o país também atingisse sua pior colocação na série histórica do índice. Em 2018, o país já havia perdido dois pontos e caído nove posições.

A escala do IPC vai de 0 a 100, na qual zero significa que o país é percebido como altamente corrupto e 100 significa que o país é percebido como muito íntegro.

No tópico sobre o Brasil, o relatório diz que “após as eleições de 2018, que foram profundamente influenciadas por acentuada narrativa anticorrupção por parte de diversos candidatos, o Brasil passou por uma série de retrocessos em seu arcabouço legal e institucional anticorrupção. O país também enfrentou dificuldades no avanço de reformas abrangentes em seu sistema político”.

Diz ainda que “tais retrocessos incluem, entre outros, uma liminar do Supremo Tribunal Federal que praticamente paralisou o sistema de combate à lavagem de dinheiro do país e um inquérito ilegal que secretamente buscava constranger agentes da lei”.

“Dentre os desafios atuais, há a crescente interferência política do presidente Bolsonaro nos chamados órgãos de controle e a aprovação de legislação que ameaça a independência dos agentes da lei e a accountability dos partidos políticos”.

Os vinte países menos corruptos:

01. Dinamarca, Nova Zelândia (87 pontos)
03. Finlândia (86)
04. Cingapura, Suécia, Suíça (85)
07. Noruega (84)
08. Holanda (82)
09. Alemanha, Luxemburgo (80)
11. Islândia (78)
12. Austrália, Áustria, Canadá, Reino Unido (77)
16. Hong Kong (76)
17. Bélgica (75)
18. Estônia, Irlanda (74)
20. Japão (73)

Países em posições próximas à do Brasil:

101. Bósnia, Kosovo, Panamá, Peru, Tailândia (36 pontos)
106. Albânia, Argélia, Brasil, Costa do Marfim, Egito, Macedônia, Mongólia (35)
113. El Salvador, Cazaquistão, Nepal, Filipinas, Suzailândia, Zâmbia (34)

Os vinte países mais corruptos:

162. Nicarágua (22 pontos)
163. Camboja, Chade, Iraque (20)
166. Burundi, Congo, Turcomenistão (19)
169. República Democrática do Congo, Guiné-Bissau, Haiti, Líbia (18)
173. Coreia do Norte (17)
174. Afeganistão, Guiné Equatorial, Sudão, Venezuela (16)
178. Iêmen (15)
179. Síria (13)
180. Sudão do Sul (12)
181. Somália (9)

Acesse o Índice de Percepção da Corrupção 2019, da Transparência Internacional, aqui.

'
Enviando